Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pill of Words

Blog não sujeito a receita médica.

Pill of Words

Blog não sujeito a receita médica.

Folheto Informativo

Hoje abro-vos a porta do meu mundo!

Talvez esta afirmação seja capaz de resumir todas as outras linhas deste post, mas explicar o que significa esta nova aventura revela-se uma tarefa muito difícil quando a mesma, na verdade, ainda mal começou.

Ainda assim, quero apresentar-me e falar-vos da vastidão de projetos que tenho para este blog e para a minha vida.

 

Sou a Andreia, tenho 20 anos e nasci numa tarde soalheira do mês de Julho, decorria o ano de 1997.

Desde muito nova que me deixei apaixonar pelas emoções que a música e a literatura me transmitem e, a par disso, fui desenvolvendo um enorme interesse pela área da saúde.

Encontrei nestas três grandes paixões um equilíbrio que me permite explorar tanto o meu lado mais racional como sensorial e é, desta forma, na corda bamba entre o pensar e o sentir, que encontro a harmonia dentro de mim.

Atualmente, sou estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, algo que pretendo conciliar com o prazer e a necessidade de me expressar através da escrita e das cadências perfeitas de todos os dias.

Sou viciada na natureza e é no seu seio que encontro as respostas para as perguntas intermináveis.

Rendo-me a cada pôr-do-sol como se fosse a primeira e a última vez em que tenho o privilégio de o contemplar porque é essa simplicidade que me faz crer no mistério da vida, é essa verdade que me permite vislumbrar a essência de todas as coisas, numa busca que se prevê incessante por novos desafios e pelo meu aperfeiçoamento enquanto ser humano.

 

Pill of Words nasce da vontade de partilhar as minhas convicções, de dar a conhecer ao mundo o que escrevo e o porquê de assim o fazer.

A verdade é que decidi agarrar a minha iniciativa e criar um projeto com o qual me identificasse e no qual pudesse ser verdadeiramente eu. Aqui estarão expostas as minhas rotinas, as minhas inseguranças e as minhas conquistas, as minhas opiniões sobre os mais diversos temas e os meus gostos musicais e literários.

Aqui estará um bico de pena a flutuar nos dias de chuva, a ser levado pela brisa, no meio da neblina, para lugares que não existem senão na metafísica de um coração sem amarras.

Talvez as palavras sejam o placebo a que não estamos acostumados: o acalento da alma, uma arma poderosíssima na instrução, no planeamento de novas ideias e no debate dos temas mais mediáticos.

E talvez tudo isso e outro tanto estejam apenas à distância deste clique.

Sejam bem-vindos a um blog não sujeito a receita médica que promete dar-vos a conhecer as peripécias do meu dia-a-dia e alguns dos meus segredos!

Conto convosco para encher esta grande cápsula, o invólucro da nossa vida, de serotonina e boas recordações.

O amor é a certeza de que a realidade transcende a utopia dos sonhos inalcançáveis.

17 comentários

Comentar post