Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pill of Words

Blog não sujeito a receita médica.

Pill of Words

Blog não sujeito a receita médica.

Venham daí essas uvas passas!

 

Nos últimos dias, as redes sociais em geral e a blogosfera em particular têm sido inundados pelos típicos "balanços do ano".

Sobre 2017, que hoje termina, escrevem-se as mais diversas publicações quer sobre as figuras do ano, os acontecimentos do ano ou mesmo os divórcios do ano. Na verdade, parece que todas as temáticas, mesmo as mais inusitadas, servem como um bom clickbait, numa altura em que surge também na vida da maioria dos astrólogos uma nova oportunidade de expansão das suas carreiras.

Hoje, no último dia do ano, também eu faço a minha retrospetiva, penso no que fiz em cada mês, no que conquistei e no tanto que ainda tenho para melhorar. Todavia, não reflito apenas hoje porque as minhas ambições não se regem pelas doze badaladas ou por mais uma volta completa da Terra em torno do Sol.

 

Sobre o dia internacional do blog

 

No último dia do meu querido mês de agosto celebra-se a existência de uma plataforma muito especial e que, de certa forma, veio revolucionar o mundo.

Sim, hoje é o Dia Internacional do Blog!

Apesar de já fazer parte desta comunidade há algum tempo, o Pill Of Words surgiu há menos de um mês. Posso dizer-vos que, surpreendentemente, já fui muito feliz na blogosfera. Conheci pessoas que, atualmente, fazem parte do meu dia-a-dia, li publicações que me tocaram profundamente e recebi comentários que me deixaram a sorrir para o ecrã.

O mundo virtual tem muitas vantagens e desvantagens.

Folheto Informativo

Hoje abro-vos a porta do meu mundo!

Talvez esta afirmação seja capaz de resumir todas as outras linhas deste post, mas explicar o que significa esta nova aventura revela-se uma tarefa muito difícil quando a mesma, na verdade, ainda mal começou.

Ainda assim, quero apresentar-me e falar-vos da vastidão de projetos que tenho para este blog e para a minha vida.

 

Sou a Andreia, tenho 20 anos e nasci numa tarde soalheira do mês de Julho, decorria o ano de 1997.