Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pill of Words

Blog não sujeito a receita médica.

Pill of Words

Blog não sujeito a receita médica.

Isto do Natal

 

Quando pensamos no Natal viajamos para um lugar bem diferente.

Geralmente, esta é uma quadra que representa algo muito especial para cada um de nós: uma mistura de sentimentos únicos e um conjunto de valores que assumem proporções distintas, consoante a personalidade de quem os experiencia.

À medida que os anos vão passando, o próprio conceito vai sofrendo alterações, como uma mutação em resposta ao nosso desenvolvimento intelectual. Desmistificam-se inúmeras crenças e a importância de alguns costumes é questionada, até que aquilo que assumia particular relevância passa a ser algo insignificante.

 

 

INFARMED

 

A transferência da sede do Infarmed (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde) de Lisboa para o Porto é um dos assuntos que está na ordem do dia e que, enquanto estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, considero relevante debater.

Após a cidade Invicta ter conquistado o sétimo lugar na corrida à EMA (European Medicines Agency), esta decisão tem sido vista como uma forma de compensar a cidade por esta perda e de, assim, mostrar que o Governo está realmente a promover uma maior descentralização dos serviços.

Do meu ponto de vista, esta deliberação parte da polémica que se instalou aquando da candidatura de Portugal à sede da Agência Europeia do Medicamento. É, no fundo, uma forma de nos mostrarem (a nós portugueses) que o resto do país não está esquecido e que Lisboa não é (somente) o espelho de Portugal.

 

 

Hoje, é a tua memória!

 

Para alguém que não se esquece,

 

Gostava de te poder dizer que vai ficar tudo bem e que, um dia, o teu coração sobressaltado encontrará paz: as portas da vossa casa já não estarão trancadas e poderás ir, sem medos, à tua vida. No entanto, tu sabes a verdade: a realidade que eu desconheço e não suporto sequer pressentir.

Não sinto o que tu sentes quando te lembras dos momentos que te roubam a esperança: os rasgos de lucidez, cada vez menos frequentes, o mundo que parece feito de ilusão.

E tu estás sempre ali, disposto a tudo para atenuar o sofrimento de quem vai sendo vítima de uma decadência em progressão. Alguém outrora vivo e feliz, ciente de si, dos seus sonhos, dos seus amores e das batalhas da vida.

Sei que te defraudaram a esperança na eternidade de cada memória. O Alzheimer já te subtraiu muitas lágrimas e todos os dias são um sorvedouro de emoções, como se o mundo fosse visto, vezes sem conta, pelo mesmo corpo, mas por nascentes distintas.

 

 

Dr. Google

 

As novas tecnologias vieram revolucionar a nossa forma de estar na vida.

Tenho-me vindo a aperceber de como estas ferramentas têm impacto no nosso quotidiano e influenciam as escolhas e os hábitos que adotamos e, a verdade é que, hoje em dia, escrevendo as palavras certas no motor de busca, temos acesso a um sem fim de informação que nem sempre corresponde à verdade.

A Internet pode ser vista como um refúgio ao qual a maioria dos cidadãos recorre para resolver quaisquer problemas. Quando as pessoas estão doentes ou detetam algum sintoma minimamente suspeito, o primeiro aconselhamento que procuram é do Dr. Google. As suas consultas são gratuitas, rápidas e apresentam uma lista completa, na qual consta um diagnóstico e as possíveis causas, sintomas e tratamentos da respetiva “sentença”.